Banca de Quadrinhos – Programa 78 – Troféu Angelo Agostini 2011 e HQ Nanquim Descartável 4

Olá! A edição 78 do programa Banca de Quadrinhos traz uma cobertura da 27ª edição do troféu Angelo Agostini, uma tradicional premiação dos quadrinhos brasileiros. Você vai saber quem foi esse tal de Angelo Agostini e porque ele é tão importante para os quadrinhos brasileiros. O Rodrigo conversou com Worney (o organizador do evento) além de quadrinhistas (Danilo Beyruth e Márcio Baraldi) e jornalistas especializados em hqs (Jota Silvestre, Manoel de Souza e Paulo Ramos). No segundo bloco todos eles falam o que pensam sobre a premiação, seus problemas, virtudes e o que pode ser feito para melhorar esse evento que é alvo de críticas da mídia especializada.  No estúdio da Banca, Carlão e Rodrigo recebem Daniel Esteves, premiado roteirista da série Nanquim Descartável, que acaba de ter o quarto número lançado.

Agora você pode curtir a Banca no Facebook. É só clicar aqui. Vale lembrar que agora temos o nosso canal no youtube e que continuamos contando as novidades da Banca  em nosso twitter… tá, andamos postando pouco por lá ultimamente… mas logo voltaremos com força total!

BLOCO 1

BLOCO 2

A HQTEMA dessa edição da Banca é Spirit, as novas aventuras, da Editora Devir.

Anúncios

3 comentários

  1. Gostei da versão ‘Rodrigo sem óculos’..fica com mais cara de repórter de TV.
    Tira a barba e vira o William Bonner. Globo que aguarde. ^_^

    Beijos a todos!

  2. Legal essa edição! Quero comentar que, imagino igual a muitos, também não tenho acesso a vários quadrinhos nacionais. Apesar de comprar pela net, não gosto de ir comprando sem ver e conhecer, ter realmente contato com a revista em mãos. Devido a vários fatores, também não me arrisco a votar para prêmios pois nem tudo eu consigo ler e conhecer. Acho que deveriam diminuir o preço, aumentar a tiragem e assim distribuir em mais locais pelo Brasil, principalmente bancas de jornal.

    Assim como criei um tópico no orkut na comu da Banca, aproveito pra sugerir que vocês façam uma matéria sobre artistas que sumiram do mercado. Achei um absurdo eu não conseguir nada no google sobre uma tira que adorava quando criança: Fábrica Faglianostra. Sugiro não só sobre essa tira mas inúmeras outras que deixaram saudades aos fãs do programa e também aos diversos profissionais da área e a vocês também! Um abraço!

    • Tiras obscuras como a Fábrica Faglianostra são lembradas por alguns leitores. Mas só quem recortava e guardava poderia compilá-las em um blog, por exemplo. Não existe material além da publicação em jornal na época.

      É a mesma situação da tira de um personagem chamado Alan Bique, sempre bebendo num balcão de bar. Ninguém lembra dela e como não sei o nome do autor, fica impossível de descobrir maiores informações.

      Quanto às publicações independentes, vender em banca é inviável por uma série de fatores que não cabem discutir neste espaço. Visite os sites e blogs dos autores, para ter uma idéia do que está comprando. Altas tiragens é só com editora que tem capital pra isso. Dê uma oportunidade ao pessoal que vende pela internet. É o faça-você-mesmo sem precisar de banca nenhuma!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s