Programa 32 – Ricardo Giassetti, Editora JBC e peça “O caderno da morte”

Salve, salve! Nosso convidado desse programa é o roteirista Ricardo Giassetti, autor da ótima hq “O catador de batatas e o filho da costureira”. Ele vai falar sobre seus trabalhos com quadrinhos, sobre a Mojo Books e sobre a tradução que fez para o livro “Bastidores de Watchmen”, de Dave Gibbons, lançado pela Editora Aleph. Nesse bloco você ainda confere uma visita à JBC, maior editora de mangá do Brasil. No próximo bloco mostramos para você uma adaptação para o teatro do mangá Death Note.

1º bloco

2º bloco

E queremos saber o que vocês acharam da adaptação para o cinema de Watchmen. Gostaram? Detestaram? Concordam com a gente? Mandem opiniões que a gente comenta no programa…

E no próximo programa você confere uma entrevista com o Ziraldo, que em outubro vai receber o Prêmio Ibero-americano de Humor Gráfico Quevedos, realizado pelo Ministério da Cultura e de Assuntos Exteriores da Espanha. Segundo a nota divulgada pela premiação, o autor foi homenageado pela “qualidade e importância de sua obra”, “seu compromisso social” e sua “difusão e grande repercussão internacional”. Ziraldo vai falar disso e sobre como começou sua vida nos quadrinhos.

Anúncios

10 comentários

  1. Haa! Ficou muito massa a matéria da peça! Legal!

    *percebendo que tem uma imagem do Y – the Last Man embaixo*
    Vou ver outras matérias agora!

    Abração!
    Bruno

  2. valeu a todo o pessoal da Banca e ao Gias!

  3. […] assiste aqui no blog do BQ. publicidade: Cat:  Hector, HQ-Comics, The Major | Permalink | […]

  4. […] assiste aqui no blog do BQ. […]

  5. Olá pessoal do BQ, carga total nesse programa, muito bom!
    Bacana também terem chamado o graande Ricardo Giassetti, amigão da terrinha aqui, que é um mestre na área dos quadrinhos. Parabéns!
    Quanto ao teatro avançando sobre os roteiros de quadrinhos, pois é…mais uma mídia contaminada pela narrativa das HQs. Quem sabe o próximo passo sejam os horários políticos, hein?
    O melhor lançamento do Watchmen foi exatamente o livro sobre os bastidores lançado pela Aleph, este sim trouxe algo relevante à esta obra prima dos quadrinhos.
    Flw Daiane Rodrigo Carlão e Baraldi, Inté a próxima.

  6. […] ao ar esta semana o programa Banca de Quadrinhos no qual o MOJO Editor Ricardo Giassetti foi entrevistado pela dupla Rodrigo e Carlão. Gia fala da […]

  7. Olá, galera!!! Parabéns pelo excelente programa! Conforme solicitado, aqui vai minha opinião sobre Watchemen: filmaço! Só o fato do filme existir e estar nas telas é digno de louvor! Zack Snyder filmou o “infilmável” e fez um filme que, embora não consiga agradar as platéias acostumadas com blockbusters descartáveis, está chamando a atenção de quem curte um cinema mais cabeça. Tanto que o filme foi tema de aula da disciplina Discurso Cinematográfico da pós-graduação que estou fazendo e meus colegas, que não faziam ideia do que era Watchmen até então, gostaram muito. Abraços!

  8. hmmm… muitos jundiaienses por aqui…

    ha! mas JBC publicar material nacional no Japão, nunca, né…

  9. ah! e não vi Watchmen, nem vou ver, porque peguei o vírus do Alan Moore!

  10. Olá pessoal da Banca

    O Death Note realmente é bom ( minha sobrinha me presenteou com o primeiro número). Pena que os mangás sejam tão caros, assim eu fico esperando eles chegarem no sebo para comprá-los.
    Fui assistir Watchmen e confesso que, apesar dele ser bastante fiel aos quadrinhos, não fiquei muito empolgado com o filme.
    Um abraço e até a próxima


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s